Metade sem ti...

            
"Eu, sua semente germinada, seu fruto favorito, sua flor mais bem cuidada.
Hoje sou fruto maduro, uma planta crescida, uma flor toda aberta
num jardim onde passa tanta gente, pai!"



"O dia mente a cor da noite e o diamante a cor dos olhos.
Os olhos mentem dia e noite a dor da gente"
Enquanto houver você do outro lado, aqui do outro eu consigo me orientar.
A cena repete a cena se inverte, enchendo a minh'alma d'aquilo
que outrora eu deixei de acreditar.
Tua palavra, tua história, tua verdade fazendo escola
  e tua ausência fazendo silêncio em todo lugar.
Metade de mim agora é assim: de um lado a poesia, o verbo, a saudade.
Do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim...
E o fim é belo incerto... depende de como você vê...
O novo, o credo, a fé que você deposita em você e só...
Só enquanto eu respirar, vou me lembrar de você...
Só enquanto eu respirar...
(O Anjo Mais Velho - Fernando Anitelli)

12 anos contigo, 12 anos sem ti...
A saudade é enorme... TE AMO MUITO, PAI!!!

2 comentários:

Miguel Martinez disse...

Bonito macro.
Un saludo.

Mª Angeles y Jose disse...

Preciosa composicion, me gusta mucho el contraste de colores.
Besos